Quando se trata de cargas frágeis, a movimentação desse tipo de mercadoria é um processo que envolve muitos desafios. Perdas, avarias e prejuízos financeiros são decorrentes de erros e problemas que podem acontecer durante o manuseio. Além disso, a empresa pode comprometer a sua imagem diante da sua clientela, que fica muito insatisfeita com uma entrega realizada de forma indevida e despreparada.

Dessa forma, critérios devem ser tomados pelas organizações para que a distribuição desses produtos sejam feitos com os devidos cuidados. A probabilidade de expor itens frágeis ao risco, não existirá se a empresa tiver conhecimentos prático e investimento necessário para manter a integridade desses produtos, além – para o acompanhamento do procedimento – de contar com profissionais especializados, com maior domínio na área.

Se você trabalha com esse tipo de produto e deseja garantir a qualidade e segurança na movimentação, e maior satisfação do seu cliente final, conheça 5 dicas indispensáveis para o transporte de cargas frágeis e sobre as melhores práticas.

Proteja cada item individualmente:

Mesmo que os itens sejam acomodados em robustas caixas de madeira, por serem frágeis, eles precisam ser embalados individualmente primeiro. Objetos quebráveis — como os de vidro — devem ser protegidos com materiais como plástico bolha ou folha de isopor que são soluções capazes de absorver impactos e preservar a forma dos produtos.

No caso de produtos farmacêuticos e cosméticos, por exemplo, existem cuidados indispensáveis. Para não comprometer a validade e a consistência dos itens, a transportadora responsável precisa garantir as condições climáticas e umidade do compartimento, muitas vezes tendo que adotar sistemas de refrigeração.

No caso das peças menores, o plástico bolha e o isopor desempenham o papel de proteger os itens. Já para grandes cargas, como equipamentos e máquinas, o indicado é utilizar papelão e, até mesmo, cobertores amarrados para amenizar pequenos choques. Assim, itens de qualquer tamanho devem ser embalados individualmente.

Sinalize as embalagens:

A sinalização correta é essencial apesar da equipe responsável já esteja ciente do conteúdo das caixas. Adicione etiquetas que simbolizam e avisam a natureza delicada dos produtos, é importante para evitar descuidos, confusões e acidentes.

Contudo, depois de serem entregues, as caixas podem ser manuseadas de forma incorreta até chegarem ao destino final. Portanto, a sinalização alerta também as pessoas que receberão as encomendas.

Acomode as cargas frágeis em cima:

Uma vez que as caixas já foram sinalizadas sobre o conteúdo, elas não podem ser acomodadas por baixa de outros materiais – é como no sacolão, você coloca as frutas mais duras por baixo. Esse tipo de empilhamento é importante para você resguardar o assunto, principalmente se você tiver caixas com equipamentos muito pesados.

Invista em tecnologia:

Esses investimentos contribuem para fortalecer a segurança dos produtos e fornecem uma série de dados úteis para as transportadoras que podem ser usados para seu controle de qualidade. Tais investimentos contribuem para o fortalecimento da segurança desses produtos e fornecem uma série de dados super úteis para as transportadoras que podem ser usados.

Busque um parceiro especializado:

Empresas que não possuem logística própria podem se beneficiar muito ao procurar por uma transportadora que possua expertise e profissionais especializados em transporte de cargas frágeis.

Antes de fechar o contrato com uma empresa, é essencial verificar o portfólio, a experiência e as referências da transportadora.

Avalie também os diferenciais oferecidos por ela – como o uso de tecnologias que reforçam a proteção conta roubos e avarias – e confira sua política em relação a seguros de carga.

A Satilog tem especialistas em cargas frágeis no nosso corpo de gestores e priorizamos todas as etapas para que o seu produto chegue de forma segura e rápida, como: depósito de armazenagem com câmera CFTV (Circuito Fechado de TV) espalhados em lugares estratégicos e alarme para garantir a segurança das cargas armazenadas; Carros preparados com a temperatura ideal; e seguro próprio para a garantia de qualquer eventualidade que venha ocorrer com sua carga durante o trajeto.

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *